29 de novembro de 2008

Obtendo resposta de nossas orações


Recebi está mensagem por mail, e gostaria de compártilha-là com você.

Amigo que precisa de uma benção, Deus irá ouvir, basta você insistir com suas orações.


Eu sempre me perguntava até quando devíamos orar, pois ouvia uma versão que orava uma vez só, e pela fé, sabia que Deus já havia ouvido, e atenderia. Se por acaso fosse orar novamente pela mesma causa, isso desfaria a obra de Deus, ou seja, por eu não ter tido fé que Ele já havia ouvido, zerava a oração anterior, e começava a contar da oração atual, e assim sucessivamente.
Porém também ouvia falar que deveríamos persistir na oração, mas não sabia também até quando.
Então ouvindo o Missionário R.R. Soares falando a respeito, foi tudo clareando na minha mente.
Entendo assim, que devemos orar e persistir na oração como na parábola do juiz iníquo, em Lucas 18.1-8, um homem que não temia a Deus, nem respeitava homem algum, onde uma viúva vivia o importunando para julgar uma causa que tinha contra um adversário, mas nem sequer conseguia ser atendida pelo juiz. Chegou o dia em que o juiz não agüentou mais tantas molestações e resolveu julgar a causa da viúva.
Bem, se o juiz iníquo relutou tanto em aplicar a justiça, mas por persistência e perseverança da viúva, acabou atendendo-a, quanto mais Deus, que é o nosso Juiz Justo, nosso Pai, do qual fazemos parte do corpo, não nos atenderá quando orarmos e quando a Ele clamarmos, mesmo que aos nossos olhos, pela ansiedade natural do ser humano, Ele demore em atender-nos, mas com certeza ao tempo certo fará justiça.
Ainda que não seja tão convincente esta passagem que citei, vejam a parábola do amigo importuno, em Lc 11.5-13, aonde um amigo vai à nossa casa, meia-noite, pedir-nos que empresta 3 pães, pois tem visita em casa e o pegou desprevenido, nada tendo a oferecer.
Então o amigo, já deitado com seus filhos, tarde da noite, se nega a levantar só por este motivo, porém importuna, insiste, persiste tanto no seu intento, que acaba cedendo. Então vem aquela linda passagem onde Jesus diz: "E vos digo a vós: Pedi, e dar-se vos á; buscai, e achareis; batei, e abrir-se-vos-á; porque qualquer que pede recebe; e quem busca acha; e a quem bate abrir-se-lhe-á.
E qual o pai de dentre vós que, se o filho lhe pedir pão, lhe dará uma pedra? Ou, também, se lhe pedir peixe, lhe dará por peixe uma serpente? Ou também, se lhe pedir um ovo, lhe dará um escorpião? Pois, se vós, sendo maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais dará o Pai celestial o Espírito Santo àqueles que lho pedirem?"
Embora possa demorar o socorro, isso não quer dizer que não esteja acontecendo uma batalha espiritual nas esferas celestiais em nosso favor, para sermos atendidos em nossas orações, como podem ver a seguir.
Daniel, por três semanas inteiras esteve muito atribulado, cansado, sem apetite, com sintomas parecidos com depressão, após ter recebido uma palavra de revelação sobre uma guerra prolongada. Como sabemos Daniel mesmo sabendo que desobedecendo ao decreto real (foi proibido a qualquer pessoa, pelo período de 30 dias, fazer quaisquer petições a outro, que não fosse ao rei Dario) seria lançado na cova dos leões não deixou de orar três vezes por dia ao nosso Deus; Único, Suficiente, Inigualável e Verdadeiro.
Então, após estas 3 semanas, apareceu-lhe um anjo e lhe disse: “...Não temas, Daniel, porque, desde o primeiro dia, em que aplicaste o teu coração a compreender a humilhar-te perante o teu Deus, são ouvidas as tuas palavras; e eu vim por causa das tuas palavras. Mas o príncipe do reino da Pérsia se pôs defronte de mim vinte e um dias, e eis que Miguel, um dos primeiros príncipes, veio para ajudar-me, e eu fiquei ali com os reis da Pérsia.”(Dn 10.12-13)
Agora imaginem se Daniel desistisse de suas orações, porque estava demorando pra vir a resposta! E não para por aí não, porque na seqüência o anjo diz que voltará a lutar contra o príncipe dos persas, e saindo ele, virá então outro anjo ainda lutar contra os demônios que tentam obstruir a ação de Deus.
Amados, os nossos choros não movem o poder de Deus a nosso favor, mas sim nossas orações!!!
Concluo lhes dizendo que Nada está fora do alcance da oração, exceto o que está fora da vontade de Deus.


Itamarati N. Santos


Agencias de viaje
apartments in menorca
cicles formatius barcelona
estanterias
incineracion animales compañia
menorca apartamentos
motores industriales especiales
mudanzas madrid
Reflexologia podal alicante
televigilancia

27 de novembro de 2008

Homenagem ao dia da Infância


Às vezes me bate uma saudade da minha infância.
As brincadeiras, as piadas sem graça, a correria, ufa!!!
Hoje tem alguém que devo cuidar, uma menininha linda, e que me lembra como é divertido ser criança.
Parabéns criança, que Deus ilumine seus passos.

Parabéns!!!!



Homenagem a Você Criança.


Você criança,
que vive a correr,
é a promessa
que vai acontecer...
é a esperança
do que poderíamos ser...
é a inocência
que deveríamos ter...

Você criança, de qualquer idade,
vivendo entre o sonho e a realidade
espargem pelas ruas da cidade,
suas lições de amor e de simplicidade!

Criança que brinca,
corre, pula e grita
mostra ao mundo,
como se deve viver
cada momento, feliz,
como quem acredita
em um mundo melhor
que ainda vai haver!

Você é como uma raio de luz
a iluminar os nossos caminhos,
assemelhando-se ao Menino Jesus,
encanta-nos com todo teu carinho!

Você é a criança,
que um dia vai crescer!
É a promessa,
que vai se realizar!
É a esperança
da humanidade se entender!
É a realidade
que o adulto precisa ver...
e também aprender a ser...

26 de novembro de 2008

E se fosse seu último dia?


Amados, tenho visto nos jornais a tristeza, terror e desespero em que se encontram os moradores de Santa Catarina, tão maltratados pelas fortes chuvas que têm caído sobre seu Estado, principalmente, sobre o Vale do Itajaí. Cidades inteiras estão alagadas, vilarejos estão sob a lama que desce de encostas, vilas isoladas, dezenas de mortos, milhares de desabrigados e, pouco a se fazer no momento, pois a chuva forte não pára.


Muitas pessoas pelo Brasil afora tem manifestado sua solidariedade doando alimentos, colchões, roupas e muitos outros itens realmente necessários, mas não suficientes para abrandar a dor de estar em abrigos temporários, a espera de notícias de parentes e amigos, desejando voltar pra casa.


Tragédias assim, nos fazem refletir sobre várias coisas. Sobre o que nos é realmente essencial pra viver. Sobre como ajudar o outro é melhor que ser ajudado. Sobre como o que está escrito na Bíblia está acontecendo diariamente e, a cada dia, mais perto da gente. De como a volta de Jesus está se aproximando.


"Quem tem ouvidos ouça." Quem está vendo o que está acontecendo, quem está sentindo esse aperto no peito, ou simplesmente, nem está sentindo nada, de tão frio que já está seu coração, tão acostumado a ver as mazelas, as mortes, os assassinatos, pais contra filhos, filhos contra pais, irmãos se matando, tragédias naturais, desastres assolando países inteiros, tsunami, terremotos, tempestades, vulcões, furacões, tufões... Tantas coisas tem ceifado vidas e nos assustado, que realmente, não posso me calar, preciso perguntar:
E se fosse seu último dia?
Se você estivesse numa dessas casas que foram cobertas de lama, não tivesse para onde correr ou como se proteger, e sentisse que é seu último dia, seus momentos finais de vida? Como reagiria?
Se desesperaria pensando em como não deu importância para palavras como essas?
De como não escutou a voz de Deus?
Ou ficaria tranquilo, grato a Deus pela vida que teve, certo de que terá vida eterna com Ele.


Pense: Pode ser tão rápido o fim, que você não tenha sequer tempo de fazer essa reflexão. Pode ser num piscar de olhos. Jesus nos diz em Sua palavra, a Bíblia Sagrada, que sua vinda será como um relâmpago, como um piscar de olhos, ou seja, você nem terá tempo de se arrepender e se entregar a Ele.


Mude: Mude agora de direção! Entregue sua vida a Cristo, sabendo que com Ele, você terá vida em abundância, e que quando chegar o momento da morte, ou de Sua vinda, você terá vida eterna, não se atemorizará nem sofrerá com o desconhecido, pois saberá que estarás com o Senhor.


Não adie mais. Não pense em fazer isso quando for velho, ou que isso é pura bobagem. Jesus te ama muito! E por isso morreu numa cruz - para que morresse com Ele os nossos pecados. E Ele ressucitou para termos com Ele vida eterna.


"Entregue o teu caminho ao Senhor, confia Nele e Ele tudo fará!"

24 de novembro de 2008

NÃO DEIXE A PALAVRA FICAR INFRUTÍFERA



Não deixe Deus de lado, ele quer te fazer mais que vencedor!!!

Mas os cuidados deste mundo, e os enganos das riquezas, e as ambições de outras coisas, entrando, sufocam a palavra, e fica infrutífera (Marcos 4.19).

Como há pessoas que se deixam enganar e tornam-se infrutíferas! Ainda hoje, mesmo após aproximadamente dois mil anos, a advertência do Senhor Jesus não tem sido levada a sério, e, por isso, muitas pessoas perdem o melhor de Deus. Elas ficam encantadas com os enganos das riquezas e deixam-se encher com os cuidados deste mundo e da ambição. Por isso, fica infrutífera a Palavra que foi destinada para produzir nelas e por elas o que Ela mesma anuncia.

Preste atenção ao que se passa com aqueles que não conhecem o Senhor Jesus, os quais podem ser divididos nos seguintes grupos: o primeiro é composto por quem dá cuidados a este mundo; o segundo, por aqueles que se fascinam com as riquezas; o terceiro, pelos que se dão à ambição de conseguir poder, reconhecimento e outras realizações.

Mesmo entre os servos do Senhor, há aqueles que se apegam ao engano e sufocam a Palavra, a qual Se torna infrutífera. Parece que nem todos aprenderam a lição. Ainda que o ensinamento do Mestre tenha sido transmitido há tanto tempo, existem pessoas que continuam cegas, lutando para ajuntar ou desfrutar mais, e, como resultado, perdem o melhor de Deus.

Os cuidados com as coisas deste mundo estão dominando muitos filhos do Senhor. Até parece que não aprenderam que não são do mundo e, portanto, não devem amar as coisas que, no mundo, existem (1 João 2.15). As riquezas fascinam, e não são poucos os que se oferecem para serem servos de Mamom. Há irmãos nossos que são possuídos pela ambição de serem políticos, milionários, famosos. Isso é laço do inimigo.

Quando o Senhor nos chamou para sermos membros da Sua família, Ele tinha um plano para nossa vida, o qual foi revelado na primeira vez que ouvimos o Evangelho e continua revelando-se cada vez que damos ouvidos à Palavra. A revelação nos é enviada com o propósito de que ela produza em nós a vontade divina.

Somos responsáveis se a Palavra ficar infrutífera. Há quem diga que, se algo não aconteceu, foi porque o Senhor não o quis, mas isso não é verdade. As atenções que damos às tentações impedem que o Pai cumpra o que nos falou.

Tire os tropeços que aparecerem em seu caminho, pois eles impedem a operação do Senhor. Deus quer realizar-Se em nós, e não devemos permitir que coisa alguma impeça o Pai de operar por nosso intermédio.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

19 de novembro de 2008

Das Pedras - Cora Coralina


Ajuntei todas as pedras
que vieram sobre mim.
Levantei uma escada muito alta
e no alto subi.
Teci um tapete floreado
e no sonho me perdi.


Uma estrada,
um leito,
uma casa,
um companheiro.
Tudo de pedra.


Entre pedras
cresceu a minha poesia.
Minha vida...
Quebrando pedras
e plantando flores.


Entre pedras que me esmagavam
Levantei a pedra rude
dos meus versos.

Cora Coralina

18 de novembro de 2008

Valor e sucesso


"Procure ser uma pessoa de valor, em vez de procurar ser uma pessoa de sucesso.

O sucesso é consequência."

Albert Einstein



Muita gente pensa que quando tiver o cargo X ou o tão sonhado salário terá valor, que se ficar famoso se sentirá valorizado pelos outros. Mas deve ser o contrário. Deve-se procurar ter valor, e o sucesso virá naturalmente.

Quando o que se faz, se faz com perfeição, quando os que nos rodeiam nos admiram por nossas atitudes dotadas de generosidade, responsabilidade, honestidade e verdade, somos valorizados como pessoas de bem.

Quando o sucesso chega antes do valor, ele vai embora rápido, pois não tem essência nem motivo de ser. Pense em celebridades instantâneas: rapidamente aparecem e desaparecem porque não mostraram nada de valor para alcançar qualquer reconhecimento, para merecer o sucesso.

Se o seu foco é o sucesso, comece a ter valor. Comece a marcar as pessoas por onde anda com o seu jeito, que seja encantador, educado e em tudo o que se envolver seja por inteiro, tudo o que fizer faça com qualidade, como se fosse sua última oportunidade de ser valorizado.

Como consequência do seu esmero, dos seus feitos e de suas atitudes, você terá sucesso. E esse será duradouro. Intenso.

17 de novembro de 2008

Sucesso


Filosofia do Sucesso

Se você pensa que é um derrotado,
você será derrotado.
Se não pensar “quero a qualquer custo!”
Não conseguirá nada.
Mesmo que você queira vencer,
mas pensa que não vai conseguir,
a vitória não sorrirá para você.

Se você fizer as coisas pela metade,
você será fracassado.
Nós descobrimos neste mundo
que o sucesso começa pela intenção da gente
e tudo se determina pelo nosso espírito.

Se você pensa que é um malogrado,
você se torna como tal.
Se almeja atingir uma posição mais elevada,
deve, antes de obter a vitória,
dotar-se da convicção de que
conseguirá infalivelmente.

A luta pela vida nem sempre é vantajosa
aos fortes nem aos espertos.
Mais cedo ou mais tarde, quem cativa a vitória
é aquele que crê plenamente
Eu conseguirei!

Napoleon Hill

4 de novembro de 2008

A MENSAGEM DE DEUS


Recebi está mensagem por e-mail.

Fala muito aos nossos corações.

Boa leitura!!!

Dizei aos turbados de coração: Esforçai-vos e não temais; eis que o vosso Deus virá com vingança, com recompensa de Deus; ele virá, e vos salvará (Isaías 35.4).

O diabo tem feito algumas pessoas viverem sem esperança, temerosas a respeito do dia de amanhã e incapazes de crer no fato de que a fé pode mudar qualquer coisa. Nada é mais triste do que não ver um bom futuro, achando que o fim chegou e não adianta lutar. No entanto, Deus Se preocupa com os Seus filhos e manda-lhes uma mensagem: Esforçai-vos e não temais, garantindo três bênçãos: vingança, recompensa divina e salvação.

Fé versus adversidades – Os profetas do desastre dizem que a vida na Terra ficará insuportável com o aquecimento global; a maré subirá tanto, que inundará as regiões costeiras; a violência explodirá, e que o melhor é não trazer filhos ao mundo. É verdade que a irresponsabilidade do homem pode provocar muito sofrimento, mas isso deve ser tratado com a sabedoria divina. Na verdade, essas coisas não constituem motivo para se temer o dia de amanhã e sofrer por antecipação.

Deus, em uma demonstração de carinho, envia aos Seus filhos a seguinte mensagem: “Não temam o que está por vir”, porque Ele irá ensinar-lhes a saída. Nenhum filho do Altíssimo deve submeter-se às notícias alarmantes. Se as profecias ameaçadoras irão confirmar-se, não sabemos. Mas, mesmo que se realizem, o que temos com isso? O Senhor nos dará o escape. Pela fé, podemos transportar montes para o meio do mar. A fé é o único elemento que tem poder para qualquer mudança.

Nos anos 1950, 60 e 70, o mundo vivia sob o medo de que bastava o presidente americano, ou o primeiro-ministro russo, apertar um botão, e o mundo não mais existiria. Nós pregávamos que Jesus havia afirmado que esta geração não passaria, e havia quem nos chamasse de irresponsáveis. Hoje, tal ameaça está fora de moda, mas Deus permanece o mesmo, e o Seu recado é que os de coração fraco se esforcem e não temam. Tudo está nu e patente aos olhos dEle. Ele dará orientação a quem se mantiver firme.

E você, está temeroso em relação ao dia de amanhã? Não deixe o inimigo roubar sua paz e liberdade. Lembre-se de que o Senhor prometeu vir ao nosso encontro com três bênçãos: vingança, recompensa e salvação. Desfrute deste tempo de Boas Notícias.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares
Usamos empresas de publicidade de terceiros para veicular anúncios durante a sua visita ao nosso website. Essas empresas podem usar informações (que não incluem o seu nome, endereço, endereço de e-mail ou número de telefone) sobre suas visitas a este e a outros websites a fim de exibir anúncios relacionados a produtos e serviços de seu interesse. Para obter mais informações sobre essa prática e saber como impedir que as empresas utilizem esses dados, clique aqui.