29 de outubro de 2008

TENHA O SENHOR COMO A SUA PORÇÃO


Recebi está mensagem por e-mail, e achei a muito edificante.

Seja abençoado pelo Espírito Santo, e que você possa entender a porção de Deus em sua vida.

A minha porção é o SENHOR, diz a minha alma; portanto, esperarei nele (Lamentações 3.24).

A Sagrada Escritura ensina que prosperar é bom. Porém, os ensinamentos religiosos são responsáveis por uma doutrina mentirosa segundo a qual, quanto mais miserável a pessoa for, mais perto de Deus ela estará. Esse pensamento, além de insensato, é diabólico.

Além disso, no meio de quem diz que está servindo ao Senhor, existem alguns que despertam a cobiça no próximo, levando-o a crer que está agindo por fé. Os que defendem tal princípio não passam de negociadores de bênçãos, pois, para estes, quanto mais alguém der contribuições à igreja, mais o Todo-Poderoso irá abençoá-lo.

No entanto, a Palavra de Deus nos orienta a seguir as direções do nosso Pai, o qual deixou bem claro o que deveríamos fazer para alcançarmos sucesso aqui nesta vida (Salmo 32.8). O profeta Jeremias, como lemos anteriormente, declarou que sua porção era o Senhor. Se uma pessoa crê que o Altíssimo é a sua porção, de que mais ela precisa? Esse tipo de fé fará de você alguém bem-sucedido, pois a Palavra afirma que o que confia no SENHOR prosperará (Provérbio 28.25b).

Quem tem o Senhor como a sua porção é proprietário de mais bens do que a pessoa mais rica do mundo, porque Deus, além de possuir todas as coisas, pode fazer por ela tudo o que for necessário. Ele não medirá esforços para ajudar os que depositam sua confiança nEle.

Como, então, podemos ter o Senhor, o qual é a nossa porção, operando em nosso favor? A resposta é simples: vivendo segundo Sua vontade revelada nas Escrituras. A verdade é que o Todo-Poderoso tem prazer em ver prosperar quem Lhe serve.

Nos dias bíblicos, quem fizesse a vontade de Deus via a mão dEle protegendo-o e ajudando-o. Assim acontecia com Israel. Enquanto o povo buscava o Onipotente, tinha prosperidade, paz e segurança. Mas quando O deixava, caía nas mãos dos inimigos. Isso durava até perceber que o preço o qual estava pagando era por demais alto, e, então, arrependia-se e voltava para o Senhor (Juízes 2.16-19).

Não precisamos colocar nossas expectativas em coisas incertas nem ficar sonhando que, de alguma forma, nossos problemas sejam resolvidos e, então, alcancemos um período de tranqüilidade e abundância.

Quando entendermos que a nossa porção é o Senhor, nossa procura e nosso desespero cessarão. Com Deus, todas as necessidades e todos os desejos serão supridos, pois, para os amados dEle, até quando dormem, o Senhor lhes prepara o pão. E, quando estão acordados, vigiando, orando, crendo e lutando para vencer, o que acontece?

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

Nenhum comentário:

Usamos empresas de publicidade de terceiros para veicular anúncios durante a sua visita ao nosso website. Essas empresas podem usar informações (que não incluem o seu nome, endereço, endereço de e-mail ou número de telefone) sobre suas visitas a este e a outros websites a fim de exibir anúncios relacionados a produtos e serviços de seu interesse. Para obter mais informações sobre essa prática e saber como impedir que as empresas utilizem esses dados, clique aqui.